23 de fevereiro de 2015

Lagoa Azul - Angra dos Reis

Caribe in Rio

Como vocês bem sabem, sou louca pela região da Costa Verde, aqui no Rio de Janeiro. Lá, é fundamentalmente a minha segunda casa. No post de hoje, vou compartilhar com vocês um dos meus lugares preferidos que fica situado na Ilha Grande. Como o próprio nome já diz, a Ilha Grande é Grande e rodeada de diversas e lindas praias/ilhas. Mas isso a gente conversa em outro post, porque nesse quero mostrar pra vocês um lugar encantador. Sejam bem vindos a Lagoa Azul. 




Perceberam a cor da aguá desse lugar? Muita PAUSA nessa hora né... Conforme o dia vai passando e o sol mudando de posição a aguá fica intercalando tons de transparente, azul e azul esverdeado.É uma total higiene mental, você sai de lá mais livre, leve e solta, risos. Quem disse que só no Caribe você pode ter esse privilégio? Já mostrei pra vocês que aqui no nosso Brasilzão existem lugares tão maravilhosos quanto! Lembram da viagem que fiz para Natal e visitei a Lagoa do Carcará, onde a água também era claríssima? 





Gostou do lugar? Está pensando em ir pra lá? Tenho umas diquinhas pra te dar: Tente ir de manhã cedo (minha cara de sono revela o quão cedo essas fotos foram tiradas), tipo umas 7 ou 8 horas, pois além do mar estar mais calmo, nesse horário fica mais vazio e aparecem várioooos animais marinhos. Leve ao menos um óculos (aqueles simples de natação já quebram o galho), isso para você ver tudo no fundo do mar... Se sua lancha tiver churrasqueira, faça churrasco lá (não esqueça de recolher todo o lixo depois), você também pode levar sanduíches naturais, biscoitos e bebidas para se manter lá sem morrer de fome, haha. Se você for de savero/escuna geralmente os comes e bebes já vêm incluso no preço do passeio. Ah, não esqueça do protetor solar! E aí, gostaram do post e das dicas? Deixe seu comentário! Beijo! <3

10 de fevereiro de 2015

Trend: Crochê

Não é só vovó que ama crochê

Em 2015 estamos vivendo um boom dos mais diversos artesanatos e se tem um tipo que está super em alta é o crochê. Desde que nascemos conhecemos essa arte, seja através das gerações anteriores da nossa família ou através da moda que vai e volta com essa tendência. Por isso é sempre bom ter essa peça chave no nosso guarda roupas.


Blusinhas soltinhas de crochê estão super em alta e vêm sendo usadas nesse verãozaum por diversas it girls brasileiras. O legal é usar com shorts jeans e acessórios de artesanato para compor um visual boho. 


A moda praia também foi atingida pela febre do trançado, nesse carnaval não se espante se for à praia e ver diversas pessoas usando diferentes peças de crochê. Seja o biquíni próprio para tomar banho de mar/piscina, ou tops para usar no pós praia (ou até num look para sair a noite) essa tendência está se espalhando e virando a queridinha fashion do momento. Eu também já me rendi aos encantos, comprei um maiô/body amarelo esses dias (estou L O U C A pra usar!).


As saídas de praia de crochê nunca saíram de moda e sempre foram usadas, a diferença está no trançado e no modelo de cada uma delas. Os acessórios também ajudam a complementar um look legal na praia. 


Vestidinhos de crochê são uma graça, mas é sempre bom ter cuidado na hora de escolher para não parecer estar com uma saída de praia! Esse da foto a seguir é super fofo (parece ser bem quentinho na parte superior também), mais adequado para o outono quando o clima começa a mudar e as temperaturas abaixam um pouco (ta aí a minha aposta de que essa tendência não vai acabar quando trocar a estação). 


Ah, os vestidos longos... Meus preferidos! O trançado nesse tipo de vestido garante um visual menos formal (que o comprimento do vestido pede) e mais despojado e casual. Sabrina Sato arrasou totalmente na minha opinião ao escolher esse vestido. Além do modelo, a cor e o tipo de trançado valorizou muito o corpo dela. Estou totalmente in love por esse dress!


Essas são as peças mais usadas com essa arte, no entanto qualquer peça que você imaginar pode ser feita de crochê, desde sapatinhos para bebê até quimonos e bolsas... Nesse verão use e abuse dessa trend que veio com tudo e é um arraso! Quando eu usar meu maiô/body posto foto pra vocês lá no instagram. Beijos no core. <3

30 de janeiro de 2015

De repente, você


Sorriso estonteante. Olhar cativante. Jeito apaixonante. Por que ele tinha que ser tão ELE? Por que tinha que aparecer agora? Por que ele tinha que invadir meus pensamentos, minha imaginação, meus sonhos? Perguntas inexplicáveis, assim como o meu sentimento. Tem certas coisas que eu não sei dizer ou explicar, só da pra sentir.

A nossa história, ou melhor, a minha história paralelou-se com a dele numa segunda-feira de agosto. O que se espera em uma segunda-feria? Nada. Só um milagre talvez... ELE! Lembro-me muito bem daquele dia. Eu estava morrendo de sono, de tédio, de chatice, de tudo, definitivamente eu não queria estar ali. Quando ele apareceu ouvi um murmurinho  acompanhado de risinhos irritantes das meninas que estavam em volta, era um tal de " Que lindo" "Olha esses olhos" "Deus grego no Brasil?" "Opa opa, hoje a minha sorte muda"... Mal sabiam, mas foi a minha que mudou.

No começo não aguentava olhar pra aquele cara, ele era indiferente, apenas mais um rostinho bonito com jeitinho de convencido que já passou por mim. Estava enganada. As semanas passaram e eu pude conhecer seu interior, pra mim, esse sim se fez encantador. A presença dele foi ficando cada vez mais constante (isso porque o meu coração sismou em fazer uma morada, onde lá ele habitava). Se não fosse comigo, acreditaria que aquele sentimento era paixão. 

Inegável, eu estava literalmente apaixonada. Logo eu, logo por ele... O cérebro parou de funcionar e eu era só coração. Entre rápidas sistoles e diástoles, quando ele aparecia, percebi que algo tinha mudado, não era só a presença dele em mim, agora também era a minha presença nele. Quando um homem se aproxima muito, conversa aleatoriamente, sorri, é gentil... Das duas uma: Ou ele está interessado em você, ou na sua amiga. No entanto, se aprendi algo nisso tudo é que: 1- Se a conversa se estende e os assuntos não são terceiros; 2- Se vocês não conseguem parar de se falar; 3- Se começa de manhã com um "Bom dia" e só termina de noite com um "Durma bem",  hmmmm é você.

Estava "perfeito", parecia lindo, mas não era certo. Não pra mim. Não são algumas palavras (ok, muitas palavras) que me deixaria aparentemente "caidinha" por ele, quiça declarar meus sentimentos. Foi então que o cérebro ressuscitou e o meu lado racional voltou. Bem a tempo! Talvez aquilo fosse uma fase, que acabaria do mesmo jeito que começou. De repente. 

Dessa vez eu estava certa. Aos poucos a tal presença foi sumindo e sumindo. Sem olhares. Sem sorriso. Sem "Bom dia". Sem conversa. Com dor, que depois virou alívio e hoje é só uma lembrança. Deus nem sempre nos dá o que queremos, mas nunca nos deixa faltar o que precisamos. Ás vezes não entendemos o porquê de algumas situações acontecerem justo com a gente, mas o senhor tempo sempre nos esclarece tudo. Hoje eu vejo que precisei dele naquele tempo, precisei da presença, da conversa, do carinho, enfim, da distração que ele trouxe pra minha vida. Quando aquele tempo mudou, ele não era mais preciso, talvez por isso tenha ido.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...